Como apresentamos o recém-nascido ao irmão mais velho?

Você já está no quarto do hospital feliz, tudo correu bem…

Agora o visitas para conhecer o bebê e o mais importante de tudo ainda está por vir.

Que desejo de ver seu filhinho querido, e que ele conheça seu irmãozinho!

 

… embora ao mesmo tempo você esteja preocupado, você está preocupado com a reação dele.

Seu filho mais velho ao lado do recém-nascido

 

vai bater em você, -quando você o vir ao lado do bebê- você passará de vê-lo pequeno, a vê-lo mais velho, muito velho, seu pequeno terá crescido de repente...

 

 

como apresentamos o newborn-1

 

Com a criança você conversou sobre as mudanças que a chegada do irmãozinho trará...

Mas…

 

É que ele está acostumado a ficar sozinho, agora vai ter que dividir o seu amor, e você não sabe… uffff….

 

Faça com que o primeiro encontro com o recém-nascido seja bom

 

Sim, a primeira reunião é fundamental Porque o cérebro tende a fixar memórias emocionais fortes e usá-las para direcionar o comportamento futuro.

Ou você não se lembra de suas primeiras vezes?

Se foi bom você vai querer repetir, se foi ruim você evita né?

 

Como a primeira impressão é importante, ela pode deixar uma marca emocional na criança

 

como apresentamos o newborn-2

 

Então você faz tudo ao seu alcance para que ele não se sinta deslocado ou incompreendido.

 

Com tudo isso não quero dizer que se a primeira impressão for ruim tudo se perde, não é isso….

Mas quanto mais positivo for esse primeiro encontro mais facil Isso promoverá um bom relacionamento entre irmãos.

 

É por isso que você dá a importância que merece.

Preste atenção ao irmão mais velho 

O irmão mais velho tem que sentir que vocês (os pais) prestam atenção nele e que ele começa a se relacionar com o irmãozinho.

 

alvaro bilbao Neuropsicóloga infantil e autora do livro O cérebro da criança disse aos pais dá-nos estas orientações para que o primeiro encontro entre irmãos corra bem e sejae se tornar o início de um relacionamento positivo:

Como apresentamos o recém-nascido?

 

1# Scom pressa

A pressa não é boa.

 

Todos querem conhecer o bebê, no hospital é uma visita ininterrupta: tios, avós, primos, amigos.

E você está exausto, como sempre...

 

como apresentamos o newborn-3

 

é melhor você desistir passe essa loucura antes de apresentar o irmãozinho, pois é uma situação que você tem que prestar atenção especial e delicadeza.

 

Então, se o bebê nasceu de manhã, é melhor seu filho mais velho ir ao hospital à tarde, e se nasceu à tarde, vá buscá-lo na manhã seguinte.

 

O importante é que quando os dois irmãos se encontram, o quadro é o ideal.

2# Você (os pais) hvocê faz a apresentação

O pai vai buscar a criança e levá-la ao hospital para conhecer o irmão, e não serão os tios nem os avós.

Eles vão te contar as novidades (já te contaram…) mas não importa se você explicar com mais detalhes (isso vai criar uma conexão emocional e ajudar a criança acompanhando-a no processo).

 

sim para qualquer coisa o pai não pode ir buscá-lo, que ele o leve (sozinho) da porta do Hospital até o quarto.

 

3# Tenha o braízes livres para receber o irmão mais velho

 

Pode ser para seu filho a primeira vez que ele se separou de você...

 

É por isso que você tem que fazer a reunião muito especial.

 

como apresentamos o newborn-4

Pense que seu filho terá medo (certamente de perder a relação especial com você, de se sentir deslocado).

Se ele te vir com o bebê nos braços e você não pode pegá-lo, vai se sentir mal.

Receba-o com o braços abertos, sente-o de joelhos e dê-lhe um grande abraço.

4# Organizadouma 

 

Quando a criança chega, o bebê está nos braços do avô ou no berço.

Faça com que o pai tenha tudo sob controle antes que seu filho chegue. Diga a ele para ligar para você (ou para quem vier com você) quando estiver para subir (se estiver alimentando-o ou qualquer outra coisa, diga para esperar).

Diga também aos tios e avós para prestarem atenção ao irmão mais velho.

É melhor que sejam para ele e não tanto para o bebê.

 

 

É melhor que digam “queria ver você!” o que bem! Você já tem um irmão!” para “Olha que bebê fofo”.

5# conectar

 

Como já dissemos antes maior medo que seu filho tem quando ele vê o bebê em seus braços é perder sua atenção e a conexão especial que você tinha.

 

Transforme essa situação desfavorável em um oportunidade de se conectar.

 

como apresentamos o newborn-5

 

Álvaro Bilbao conta-nos esta anedota que viveu com a sua filhinha:


 

» Lembro-me que quando o nosso filho mais velho conheceu a irmã, dissemos-lhe que assim que nasceu puseram-no na barriga da mãe e ele fez cocó. Nós dissemos a ela que ela era um cocô... e ela não parava de rir e contar para todo mundo que tinha feito cocô na mãe.

Com a irmãzinha, o que ela mais gostou é que ela tinha feito xixi e me encharcado... Você já sabe que com crianças pequenas a coisa escatológica faz sucesso!!!»

 


6# R.comemorar seu primeiro encontro.

 

Como já dissemos, podemos nos conectar com as brincadeiras do momento que estamos vivendo... e também podemos nos conectar com nossas memórias.

Conte para seu filho quando ele nasceu, explique para ele que o nascimento dele foi o dia mais importante da sua vida para você, que ele te transformou em mãe, em pai, seus pais em avós (se fosse o primeiro neto), dê a ele detalhes de sua "primeira vez", diga a ele como ele é especial para você e seu parceiro.

7# ¿EA criança pode segurar seu irmãozinho nos braços?

Claro que pode!

 

Também bom sinal e uma ocasião única para criar uma conexão entre os dois...

 

Não tenha medo de que ele caia (se você o vir ainda pequeno), faça-o sentar no sofá ou na cadeira -com a mãe e o pai de ambos os lados-

Coloque suas mãos perto de que não haja sustos. Se mesmo assim passar mal, coloque travesseiros e almofadas no chão

Mas deixe-o levar o bebê.

 

Você se lembra do que sentiu quando segurou o bebê pela primeira vez?

 

 

como apresentamos o newborn-6

Conexão total entre os dois irmãos 

 

Pense que seu filho vai sentir algo parecido, nesse momento uma conexão única nascerá. 

 

Além de tudo isso que dissemos, existem psicólogos que recomendam que a reunião seja bastante curta (evitaremos o cansaço).

 

Como você viu, o mais importante é que a criança não se sinta deslocada, ela se sinta ligada aos pais.

 

 

Portanto, se você está grávida e tem outro filho, lembre-se de todas essas orientações para ajudar aquele "primeiro contato".

 

Você conhece Álvaro Bilbau?

 

Se você não o conhece, vai gostar de ouvi-lo, e tenho certeza que vai segui-lo de agora em diante.

 

 

Você tem algum conselho para os primeiros dias com o bebê, tendo outro filho?

 

Adoraríamos ler você nos comentários.

 

Ei!!!

 

Já vai? 

 

Indo… ainda, não…

fique e continue lendo sobre gravidez e tudo o que vem depois…

 

Razões que você deve ler antes de decidir sobre a primeira cama do seu bebê

8 dicas de sobrevivência que vão ser boas para você ler quando for mãe

Por que você deve aprender o método kondo antes de ter seu bebê?

Você quer continuar se vestindo com estilo durante a gravidez? Encontramos 19 lojas para mantê-lo assim.

Posso praticar esportes durante a gravidez?

 

 

 


 

você quer receber euideias, conselhos, novidades ou o que quer que possamos pensar para si e para o bebé o que está por vir? subscreva a newsletter que encontrará no rodapé a partir deste link.

Um pensamento sobre “¿Cómo le presentamos el recién nacido al hermano mayor?

  1. Isabel disse:

    Bom, vai ser um momento difícil, não sei como ele vai aguentar. Obrigado isso me ajuda a saber como agir

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

pt_PT